Rio Branco, Acre,


Instituições já podem realizar agendamento do Planetário Móvel do Ifac para 2018

Escolas públicas e particulares, creches e entidades sociais sem fins lucrativos podem realizar agendamento através de e-mails e telefone

O Planetário Móvel, projeto desenvolvido pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex), do Instituto Federal do Acre (Ifac), está com agendamento aberto para participação em eventos em 2018. Escolas públicas ou privadas, creches e entidades sociais sem fins lucrativos interessadas em ter uma atração a mais em eventos científicos podem fazer o agendamento com o coordenador do projeto, professor Cleyton Assis.

O agendamento está disponível através do telefone (68) 9 9205-7905 (com WhatsApp) ou através dos e-mails [email protected] e [email protected] De acordo com o docente, a contrapartida para que o Planetário seja apresentado é o fornecimento da alimentação ou lanches para a equipe executora durante o evento, além do transporte do material e da equipe.

PUBLICIDADE
Escolas públicas e particulares, creches e entidades sociais sem fins lucrativos podem realizar agendamento através de e-mails e telefone/Foto: Ascom Ifac

O planetário já foi atração em duas edições do Mostra Viver Ciência, evento organizado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE) e realizado em parceria com o Ifac e outras instituições. “Participamos também de semanas acadêmicas nos campi do Ifac e Ufac e, em novembro de 2017, o Planetário Móvel foi atração do Infoparty, evento de tecnologia e empreendedorismo realizado em Porto Velho (RO)”, diz o coordenador.

A proposta de adquirir um planetário móvel nasceu em 2014 com o professor Cleyton Assis e foi reforçado durante a 66ª reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que aconteceu no Acre naquele ano. Na época, servidores e alunos do Ifac monitoraram o Planetário do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), que havia sido instalado no evento realizado na Ufac.

Adquirido através de emenda parlamentar do deputado federal Sibá Machado, e inaugurado no dia 23 de agosto de 2016, no campus Rio Branco, hoje o planetário móvel do Ifac atende a comunidade como uma atração a mais em eventos realizados no Estado, cumprindo o seu objetivo de promover a divulgação científica e o acesso à informação por meio de exibições de sessões educativas.

Pró-reitor de Extensão, Fábio Storch de Oliveira, diz que Planetário Móvel é mais que um equipamento tecnológico: é um importante projeto de extensão que dá vida à ciência junto à comunidade. “Sabemos que a parte de estrutura tecnológica é importantíssima, mas termos profissionais motivados tem um diferencial especial, e agradecemos ao empenho de toda a equipe do projeto na pessoa do docente Cleyton Assis”.

Segundo o pró-reitor, o projeto do Planetário Móvel vem contribuindo para o cumprimento da vocação extensionista do Ifac, que é a promoção de uma relação transformadora entre a instituição e a sociedade. “Através das apresentações em eventos como o Viver Ciência, o qual reuniu um número de visitantes superior a 30 mil pessoas durante toda a mostra, temos a oportunidade de divulgar nossa instituição através do despertar pela ciência”.

A aquisição do planetário, que é pioneiro no Acre, é resultado de parceria com o deputado Sibá Machado, lembra o pró-reitor. “Essa parceria tem sido muito importante para as atividades de extensão. Foram 200 mil reais destinados para a aquisição do Planetário Móvel em 2015”.

Além da emenda para a aquisição do planetário, o deputado destinou, em 2016, mais R$ 200 mil para fomento de projetos de extensão. “No final de 2017 apresentamos um relatório do projeto ao deputado, demonstrando como os recursos foram utilizados. Motivado com a contribuição social do projeto, o deputado sinalizou com o indicativo de mais 200 mil reais para aquisição de equipamentos de robótica, um domo novo para o planetário e telescópios para os nossos campi”.

Storch lembra que investimentos em projetos de extensão têm sido prioridade na atual gestão, mesmo em um ano de orçamento restrito. “Em 2017 atingimos o número de 159 projetos de extensão institucionalizados, o que representa um crescimento de mais de 50% em relação ao ano anterior. Através destas ações chegamos a atingir um número superior a 120 mil pessoas da comunidade. Esses números expressam a importância das ações de extensão para a comunidade e a valorização da gestão para com a Política de Extensão do Ifac”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up