Menor é apreendida ao tentar entrar com documento falso em Instituto Educacional do interior


A menor confessou ainda que estava levando e trazendo informações de uma facção criminosa da qual ela e o namorado fazem parte

ACRE REAL

Uma menor de 17 anos, foi apreendida na manhã deste sábado (10), ao tentar entrar na Casa de Medida Sócio Educativa em Cruzeiro do Sul portando documentação falsa.

De acordo com as informações, a adolescente já vinha há algumas semanas utilizando os documentos da irmã de um dos reeducandos, Camila dos Santos Oliveira, para realizar a visita já que a visita aos internos  só pode ser realizada por parentes de primeiro grau (pais e irmãos).

Flagrante aconteceu neste sábado/Foto: reprodução

Dessa forma, o serviço de Inteligência já vinha desconfiando da adolescente e fez uma busca no sistema de informação da Polícia Civil onde constatou-se que Camila, irmã do interno, está presa no presídio de Tarauacá. Assim, ao chegar para a visita na manhã deste sábado, a jovem recebeu voz de prisão e confessou o crime.

Segundo Vanilson Barbosa, diretor do ISE em Cruzeiro do Sul, a jovem disse ser namorada de um reeducando e que usava a documentação da irmã do mesmo para poder visitá-lo. A menor confessou ainda que estava levando e trazendo informações de uma facção criminosa da qual ela e o namorado fazem parte.

“Quando a direção tomou ciência da situação que essa pessoa estava se passando por parente do adolescente em questão, o nosso serviço de inteligência iniciou averiguações e constatamos que realmente ela estava se passando pela irmã do reeducando, pois através de buscas no sistema da própria Polícia Civil constatamos que a irmã do adolescente está presa no presídio de Tarauacá. Então, ao chegar na visita deste sábado, pegamos os documentos e constatamos a falsidade e realizamos o flagrante”, disse Vanilson.

A adolescente foi apreendida em flagrante e foi encaminhada para os procedimentos cabíveis.

comentários

Outras Notícias

Veja Também