Pai de jovem esfaqueado não consegue ambulância para socorrer filho e critica políticos: “Não sei o que fazem”


Raimundo de Holanda dos Santos gravou depoimento sobre situação do hospital no último domingo (11)

REDAÇÃO CONTILNET

Em vídeo divulgado nesta segunda-feira (12), Raimundo Holanda dos Santos, morador do município de Sena Madureira e presidente do bairro São Felipe, denuncia a precariedade da saúde do Acre, além de fazer uma dura crítica aos políticos acreanos.

Na gravação, feita no hospital estadual João Câncio Fernandes, no último domingo (11), Raimundo disse que a unidade de saúde conta apenas com uma ambulância “do tamanho de uma caixa de fósforo”.

A revolta de Raimundo, conhecido como “Pombo Roxo” na cidade, veio da situação vivida por Valdean Holanda dos Santos, filho de Raimundo. O peão de fazenda foi atingido com uma perfuração abaixo da axila direita, desferida por um morador conhecido como “Bebê”.

Veja o vídeo:

Após o episódio, o peão de fazenda foi socorrido por familiares e encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital João Câncio Fernandes, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos e em seguida foi encaminhado para Rio Branco.

“Eu não sei o que esse governo faz, o que esses políticos de Sena Madureira fazem, que só prometem e nada acontece. Não enviam os recursos para nos ajudar. Prometem demais e o dinheiro vai pro bolso deles”, afirma Raimundo no vídeo.

comentários

Outras Notícias

Veja Também