Com impressões tridimensionais, professor de veterinária da Ufac inova na didática


O professor tem dinamizado as aulas do curso de Medicina Veterinária

PÂMELA FREITAS, DA CONTILNET

O Laboratório de Tecnologias Educacionais 3D do curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Acre (Ufac) é o único do Acre a utilizar a tecnologia de impressão tridimensional para reprodução de modelos didáticos para uso em sala de aula.

É o único laboratório do Acre a utilizar a tecnologia de impressão tridimensional /Foto: Ascom Ufac

As impressões são feitas por três impressoras e um scanner 3D conectados a um software. O responsável pela atividade que faz parte de um projeto do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) e de projetos da pós-graduação (em Sanidade e Produção Animal Sustentável na Amazônia Ocidental e mestrado profissional em Ensino de Ciências e Matemática) é professor da Ufac, Yuri Karaccas.

O equipamento utilizado permite a impressão de peças pequenas, a partir de 12 centímetros, e o tempo de impressão depende do tipo do protótipo. Para uma falange de cavalo de 12 centímetros, por exemplo, são necessárias duas horas para impressão completa, com um custo de R$ 3,50.

Dente de um cavalo em peça 3D/Foto: Kleber dos Anjos

Para o acadêmico de medicina veterinária e participante do projeto, Kleber dos Anjos, o laboratório é uma boa alternativa, porque ela é permite visualizar estruturas em uma proporção maior que a real, facilitando o aprendizado.

“É difícil utilizar por exemplo, dentes de cavalos in natura para estudo, e essa é uma forma prática de aprendizagem onde podemos utilizar a tecnologia a nosso favor”, concluí o aluno.

Outras Notícias

Veja Também