Defesa pessoal será foco de aulas gratuitas para mulheres na Capital acreana


Ciclo de encontros é resultado da parceria entre o sensei Vanderson Brito e a Fundação Garibaldi Brasil

ASTORIGE CARNEIRO, DA CONTILNET

Por meio de parceria com a Fundação Garibaldi Brasil, o Instituto Maruyama iniciou na última terça-feira (10) um ciclo de aulas da arte marcial aikido. A cada mês, serão disponibilizadas mensalmente oficinas de defesa pessoal.

Neste mês, as aulas terão como o foco as mulheres. Foto: Reprodução

A cada mês, o ciclo renova os temas trabalhados e o público-alvo. Neste mês, o foco será a defesa pessoal voltada para a realidade feminina. O segundo encontro está marcado para as 19h desta quinta-feira (12 de abril) no Centro Cultural Thaumaturgo Filho, localizado no Manoel Julião.

A aula é gratuita e aberta para as mulheres da comunidade em geral.

A arte marcial reúne estudos físicos e filosofia. Foto: Reprodução

“Além das práticas de defesa pessoal em si, também realizaremos uma roda de conversa para entender as situações enfrentadas por elas no dia a dia. Infelizmente sabemos que a sociedade é muito machista, e os perigos abrangem a violência física, vindo daí a importância deste tipo de ensinamento, que é voltado para a defesa, não para o ataque”, destacou o sensei Vanderson Brito.

Para mais informações, entre em contato através do telefone (68) 3224-0899.

SOBRE O AIKIDO

Foi desenvolvido pelo mestre Morihei Ueshiba (1883 – 1969) entre as décadas de 1930 e 1960. A arte marcial reúne estudos físicos e filosofia, sendo frequentemente traduzido como “o caminho da unificação com a energia da vida” ou “caminho do espírito harmonioso”.

Os movimentos do aikido são voltados ao redirecionamento da força adversária ao invés de combatê-la diretamente. Ou seja: o praticante do aikido conduz a energia do atacante e transforma os movimentos rivais contra ele mesmo. Para isso, acontece o controle do fluxo de energia durante o combate.

Outras Notícias

Veja Também