Em apenas três meses, mais de 200 empresas fecharam em Rio Branco


No mesmo período, cerca de 131 novos empreendimentos foram abertos na Capital

ASTORIGE CARNEIRO, DA CONTILNET

A situação não está fácil para quem investe no negócio próprio. Dados da Junta Comercial do Acre mostraram que, no primeiro trimestre deste ano, 205 empresas fecharam as portas. Ironicamente, no mesmo período, cerca de 131 novos empreendimentos foram abertos na Capital acreana.

O PIOR ANO

Ainda de acordo com os números da pesquisa, o ano de 2016 foi o período com maior número de encerramento das atividades no setor. Ao total, 1.536 pequenos, médios e grandes empreendedores tiveram que sair do mercado.

RECUPERAÇÃO DISCRETA

Segundo o presidente da Junta Comercial do Acre, Carlos Afonso, mesmo com os fechamentos, o setor trouxe um sinal de discreta recuperação econômica, com expectativa de que, com a chegada do verão, o setor da construção civil comece a dar sinais de melhoras na economia, o que deve também aquecer outros setores.

Outras Notícias

Veja Também