Novo aeroporto de Rio Branco permite integração do Acre com mercado andino, diz Tião Viana


Reforma e ampliação da obra duplica capacidade de atendimento aos usuários, afirma ministro dos Transportes

ARCHIBALDO ANTUNES, DA CONTILNET

A reforma do aeroporto Plácido de Castro, na Capital do Acre, vai permitir que o estado se integre ao mercado andino, segundo afirmou nesta quinta-feira (12) o governador Tião Viana (PT). O evento de entrega oficial das obras de ampliação e revitalização do espaço contou com a presença do ministro dos Transportes, Valter Casimiro, que chegou ao Acre por volta das 15h30. Mais de R$ 170 milhões foram investidos nos serviços feitos no local.

Tião Viana ressaltou que os países que integram a área territorial atravessada pela Cordilheira dos Andes, na América Latina, formam um mercado de mais de 132 milhões de consumidores. Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Chile e Venezuela compõem esse território.

Além da possibilidade de futura integração econômica do estado com os países da América Andina, o governador destacou que a revitalização do aeroporto “oferece maior segurança e qualidade dos serviços prestados aos usuários da aviação aérea no Acre”.

Já Valter Casimiro argumentou que a reforma e a ampliação da obra têm capacidade para dobrar o número de usuários do transporte aéreo. “Se antes o aeroporto tinha capacidade para atender 1 milhão e 200 mil pessoas por ano, hoje esse número saltou para 2 milhões e 400 pessoas”, disse o ministro.

Demanda pelos serviços no aeroporto deve crescer após revitalização Foto: Astorige Carneiro

“Esse investimento triplica o espaço do aeroporto, dá mais conforto para a população do Acre, fomenta o turismo e possibilita o desenvolvimento da região”, assegurou Casimiro.

Ele destacou ainda se tratar de mais uma obra do Programa Avançar – novo nome dado ao fracassado PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do governo da presidente deposta Dilma Rousseff (PT) –, cujas obras, em sua maioria, estavam paradas.

“São quase dois anos de governo Michel Temer e a gente está conseguindo colher os frutos dessa priorização”, declarou o ministro dos Transportes em sua passagem pelo estado.

Outras Notícias

Veja Também