Com elenco reformado, Igreja Batista do Bosque volta ao futsal depois de 10 anos


Objetivo principal da IBB é retornar à elite do esporte no Acre, de olho nas competições nacionais em 2019

PAULO CÉLIO, PARA A CONTILNET

Depois de uma década afastada das quadras, a equipe da Igreja Batista do Bosque (IBB) está de volta. Outra vez sob o comando de Marcondes Santos, o time está sendo reforçado por atletas de ponta com passagem por vários clubes, entre os quais o da própria IBB.

Segundo o diretor de Futebol da IBB, Elias Abugoche, o objetivo principal da entidade é retornar à elite do futsal, que nos últimos dez anos perdeu a força e a qualidade.

Pastos Agostinho, Doca e dirigentes da IBB/Foto: Paulo Célio

Abugoche citou como exemplos da expressividade do esporte no estado as equipes da AABB, Mangabeira, e Madureira – do município de Sena. A inexistência de times com a mesma qualidade dos citados acende a esperança de que a iniciativa da IBB pode ressuscitar a força do futsal. “Antigamente se via um ginásio lotado, o que dava prazer e incentivava os jogadores do futsal”, concluiu o técnico.

Plantel

Os atletas que formam a equipe da Igreja Batista do Bosque em 2018 são: Tássio e Jefferson (goleiros), Léo, Marcinho, Jessé, Márcio Cabeção, Ley, Renan, Vitor, Quinho, Pablo, Richard, Felipe, Felipe Eduardo, Edmundo, Juninho, Neto, Picolé, Buiu e Doca Madureira – que está de passagem por Rio Branco enquanto aguarda a janela de transferência para tentar a sorte no futebol cearense. possivelmente na equipe do Fortaleza, hoje treinado por Rogério Ceni.

Doca Madureira está de volta ao Acre e vai defender a equipe da IBB/Foto: Paulo Célio.

Trajetória

A Igreja Batista do Bosque conquistou o título estadual em 2003. Depois participou de três disputas pela Taça Brasil, além de duas na Liga Norte, abandonando o futsal em 2008. Em seu regresso às quadras, a IBB vai disputar a segunda divisão do futsal acreano, de olho nas competições nacionais em 2019.

Outras Notícias

Veja Também