Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões prende 19 pessoas em Rio Branco


Entre eles, estão suspeitos de assalto, furto, tráfico, roubo, tentativas de homicídio e homicídio

REDAÇÃO CONTILNET

A ação coordenada pelo delegado Sérgio Lopes, através da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (Dcore), cumpriu na manhã desta sexta-feira (4) vários mandados judiciais que culminaram na prisão de quatro pessoas, além de manter outras 15 em regime fechado. Entre eles, estão suspeitos de assalto, furto, tráfico, roubo, tentativas de homicídio e homicídio.

A ação se deu nos bairros Papouco, Belo Jardim e no presídio Francisco de Oliveira Conde (Foc). Os presos em meio à sociedade foram John Kennedy de Lima Paiva, 23 anos, e Weinyr de Souza Dias e Leandro Silva Barroso, de 20 anos.

De acordo com o delegado, os mandados cumpridos hoje fazem parte de um mesmo inquérito que investiga a atuação de uma determinada facção criminosa nos bairros Papouco, Base e Belo Jardim. Os presos, foram identificados após a prisão de um dos integrantes (Marcos Guilherme Martins da Silva, vulgo “Blade”), que tinha em seu celular a relação de pessoas atuantes na organização.

“Nós prendemos o Blade em setembro do ano passado e através do celular dele nos conseguimos identificar pelo menos 19 pessoas suspeitas de integrar uma facção criminosa, entre eles um menor de 17 anos, além de constatar a prática de diversos outros crimes, entre eles, a de um homicídio ocorrido em um barranco do bairro Papouco e outro ocorrido no sinal do centro, onde uma jovem foi alvejada com um tio nas costas. É importante salientar que 15 dessas pessoas já estavam no presídio e vamos mantê-las presas e fora do convívio da sociedade”, disse Sérgio Lopes.

comentários

Outras Notícias

Veja Também