Deputado Gehlen Diniz quer abrir requerimento para levar CPI da Sehab ao judiciário


De acordo com o deputado o que a oposição podia fazer, já foi feito, investigar e apresentar requerimento de abertura de CPI

SAIMO MARTINS, PARA CONTILNET

O deputado estadual Gehlen Diniz (PP), disse em entrevista no salão nobre da Assembleia legislativa do Acre (Aleac), que não pretende levar a CPI da Sehab ao plenário da casa, e sim, ao poder judiciário do estado.

Para o deputado, se a CPI acontecer em plenário o caso não daria em nada, tendo em vista que a base do governo é maioria na casa.

“Eu e a deputada Eliane Sinhasique votamos para aprovar a abertura da CPI da Sehab aqui na Assembleia legislativa, no entanto, não há necessidade de fazemos a votação aqui em plenário, pois a comissão é dominada por membros do governo, o presidente da comissão é do PT, o vice presidente é aliado do partido e da oposição somente eu e a Eliane estamos lutando para que o escândalo não seja esquecido, então, por isso, não conseguimos avançar como gostaríamos”, destaca.

Deputado Gehlen/Foto: Ascom

De acordo com o parlamentar, o que a oposição podia fazer já foi feito que é investigar e apresentar requerimento de abertura de CPI “Irei apresentar um requerimento para que o caso seja levado ao poder judiciário do estado e sejam tomadas as devidas providências”, declarou Diniz.

ESCÂNDALO DAS CASAS POPULARES

O caso das vendas de casas populares em conjuntos habitacionais é um dos maiores escândalos políticos-financeiros que aconteceram no governo de Tião Viana (PT). Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi implantada há um ano e ainda não houve nenhuma movimentação na atual legislatura.

comentários

Outras Notícias

Veja Também