Gleici participa do Saia Justa ao lado de grandes artistas, ela é a primeira BBB a participar do programa


Geralmente, participantes de reality show são vistos com maus olhos por artistas

TON LINDOSO, DA CONTILNET

Gleici Damasceno caiu mesmo na graça da público e da Globo. Na noite de quarta-feira (09), a campeã do BBB 18, participou do programa Saia Justa, do GNT. Ela foi a única ex-BBB a participar do programa, que reuniu nomes como Pitty, Gaby Amarantos, Astrid Fontenelle e Monica Martelli.

No programa, Gleici falou sobre a seleção do reality show, sua experiência, seu objeto, família e romance. Ela, que sequer cogitava ser selecionada, falou que até esqueceu que havia se inscrito.

“Eu não tive uma estratégia. Minha única estratégia era me proteger, em primeiro lugar, e proteger quem eu gosto. Fiquei me divertindo, curti todas as festas. […] Entrei com objetivo de dar uma visibilidade para o Acre. O que eu quis fazer, eu fiz. E ainda ganhei R$ 1,5 milhão”, divertiu-se.

“Eu cumpri meu objetivo na casa. Vejo muitas meninas negras olhando para mim como exemplo. Foi o que eu tentei fazer na casa. Em alguns momentos algumas pessoas lá foram preconceituosas comigo e isso são coisas que outras meninas passam na vida real, por isso elas se identificaram”.

Gleici falou que lida bem com a fama. “Não está sendo um problema para mim, mas às vezes é um problema para eles, porque eles ficam sofrendo. Ficam perguntando: ‘Cadê Wagner?’, ‘Fica próxima do Wagner’”, contou.

“Eu e Wagner nos gostamos muito, queremos estar juntos o tempo todo. Mas há momentos em que eu vou precisar ter a minha vida e ele, a vida dele. Isso é saudável. A gente tem uma relação, mas não é uma coisa doentia”. Gleici também contou que nunca pensou em ser famosa. “A fama veio, porque as pessoas me conhecem. Mas nunca foi algo que eu pensei que faria de tudo para me tornar. Eu queria que as pessoas conhecessem minha história e se inspirassem”, disse ela, revelando também que houve momentos no BBB que suspeitou que era querida entre o público.

Gleici durante o Saia Justa/Foto: Divulgação/Globosat

“A gente não recebe nenhuma informação, óbvio, mas houve momentos em paredões que eu ouvi as pessoas gritando o meu nome na plateia. Teve paredão que eu não fui indicada e as pessoas gritaram o meu nome. Então eu pensei que as pessoas poderiam estar gostando de mim”.

No último bloco do programa, sob o tema romance, Gleici falou um pouco sobre seu namoro com Wagner, que ela conheceu no reality show.

“Quando a gente chegou na casa, todos participantes se apresentaram. Eu disse que era do Acre e Wagner, que estava do outro lado, falou comigo. A gente passou a noite conversando no primeiro dia”, contou. “O Wagner é o meu primeiro namorado. É a primeira vez que me deparo com esse sentimento. Desde o BBB, ficamos sempre juntos. Quando ele falou que ia embora [para Curitiba], foi como se uma parte de mim tivesse ido embora. É a primeira vez que vivo algo leve. Eu já senti na adolescência aquela coisa louca, mas agora é leve”.

Gleici também revelou quando percebeu que sentia mais que amizade por Wagner. “Eu acho que a primeira vez que eu senti paixão foi quando ele me perguntou se eu o achava muito velho. Ele disse que tinha 35 e eu falei que não achava ele velho. Ali eu senti algo diferente por ele”, disse ela, relembrando que comentou com a amiga Ana Clara que acreditava que Wagner estava interessado nela. “Às vezes nós ficamos só nos olhando, sabe? Só nos dois. É uma coisa louca. A gente fica só olhando um pro outro. Aí a gente para, assim, e vem um arrepio”, contou a ex-BBB sobre seu relacionamento com Wagner.

As demais convidadas do programa interagiram com Gleici e se renderam ao seu carisma, coisa que geralmente não acontece com ex-BBB.

comentários

Outras Notícias

Veja Também