Polícia Civil prende cinco pessoas suspeitas de cometerem latrocínio em zona rural do Quinari


Todos foram indiciados pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) e devidamente apresentados ao poder judiciário

REDAÇÃO CONTILNET

A Polícia Civil do município do Quinari, apresentou na manhã desta segunda-feira (7), a prisão de cinco pessoas envolvidas em um crime de latrocínio ocorrido na madrugada do dia 30 de abril. José Evandro Nascimento da Silva foi amordaçado, esfaqueado e parcialmente queimado.

Após investigações, a polícia prendeu cinco suspeitos/Foto: reprodução

De acordo com informações repassadas pela família, José foi visto pela a última vez em uma festa de aniversário na chácara da mãe e a noite teria voltado para casa localizada no Ramal Bom Jesus, próximo ao balneário do bola, zona rural do Quinari. Pela manhã os familiares receberam a ligação informando o ocorrido.

A polícia iniciou um trabalho de investigação e conseguiu prender as cinco pessoas suspeitas de envolvimento no crime, entre elas a ex mulher da vítima. O objetivo, segundo consta nos autos do inquérito, era roubar as armas que foram encontradas durante o ato de prisão em flagrante além de produto entorpecente e dinheiro.

José Evandro foi morto no dia 30 de abril/Foto: reprodução

Os presos são, Fabíola Bezerra Saldanha (ex companheira), Mateus Oliveira do Nascimento, Alexandre Alves da Silva, Leonardo Bezerra da Silva, uma menor de 17 anos e o nacional Anderson conhecido pela alcunha “Sem Limite”.

Todos foram indiciados pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte) e devidamente apresentados ao poder judiciário.

comentários

Outras Notícias

Veja Também