‘Samurai’ é preso suspeito de matar e enterrar rival em cova rasa no interior


A investigação aponta que a morte de Alexsandro se deu por ser integrante de uma facção rival

REDAÇÃO CONTILNET

A apresentação de Thales Henrique Carneiro Pereira, vulgo “Samurai”, se deu na terceira regional de Polícia Civil na manhã desta sexta-feira (04). O jovem é suspeito de ordenar e participar da morte de Alexsandro de Souza Leitão, de 17 anos, encontrado enterrado em uma cova rasa no dia 23 de abril deste ano.

De acordo com o delegado responsável pela prisão, Ricardo Casas, ele foi preso em uma casa no Beco do Sol, na tarde de quinta-feira (03).

Samurai foi preso na quinta-feira/Foto: reprodução

A investigação aponta que a morte de Alexsandro se deu por ser integrante de uma facção rival e ter sido flagrado alistando novas pessoas a facção a qual pertence no bairro Corcovado.

Corpo de Alexsandro foi encontrado em abril/Foto: reprodução

O corpo foi encontrado em uma cova rasa do mesmo bairro, parcialmente decapitado. Foram necessária a intervenção de peritos de Rio Branco e Cruzeiro do Sul para a retirada do cadáver. Para a conclusão do crime, ainda há duas pessoas suspeitas de terem participado a serem presas pela Polícia Civil

comentários

Outras Notícias

Veja Também