“Tá na hora de abrir a caixa preta das empresas de ônibus”, diz Sinhasique em discurso na Aleac


De acordo com a deputada, é inadmissível uma empresa gastar mais de 2 milhões com a manutenção dos veículos

SAIMO MARTINS, PARA CONTLNET

Na manhã desta quinta feira (24), a deputada estadual Eliane Sinhasique (MDB), usou a tribuna da Assembléia Legislativa do Acre (Aleac), para propor a abertura da CPI dos transportes públicos. Para a Mdbista, a planilha de gastos apresentada pelas empresas, estão superfaturadas.

“Tá na hora de abrir a caixa preta das empresas de ônibus, já tentei fazer isso como vereadora e não consegui, mais agora quero sugerir a CPI dos transportes públicos da capital, para que se possa apurar as informações das planilhas apresentadas”, ressalta.

De acordo com Sinhasique, é inadmissível uma empresa gastar mais de 2 milhões com a manutenção dos veículos.”É inadmissível que as empresa consumam 2 milhões e 203 mil reais. É um absurdo, tenho certeza que eles não rodam 2 milhões de quilômetros por mês” declara a deputada.

comentários

Outras Notícias

Veja Também