Acusado de matar criança durante confronto de facções vai a júri popular nesta quinta


Crime aconteceu em 2015; condenação pode ser de até 30 anos em regime inicial fechado

ASTORIGE CARNEIRO, DA CONTILNET

Pelo crime de homicídio qualificado contra uma criança de um ano e oito meses, irá a júri popular nesta quinta-feira (14) o autor do crime, preso durante confronto entre facções criminosas na cidade de Rio Branco. O réu também será julgado por posse ou porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores.

VÍTIMA DA VIOLÊNCIA

O crime aconteceu na noite do dia 25 de fevereiro de 2017, no bairro Cadeia Velha, quando o pequeno Thayson Junior de Holanda foi alvejado na cabeça por um disparo. Na ocasião, o tio do garoto foi ferido pelos tiros em uma das pernas, porém foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Criança foi vítima de conflito entre facções. Foto: Reprodução

A representação criminal também indica a participação de outros três indivíduos – sendo um deles menor, já apreendido pela Justiça e submetido à medida socioeducativa de internação provisória.

ATÉ 30 ANOS

Caso os jurados que compõem o Conselho de Sentença da unidade judiciária considerem o réu culpado das acusações, o mesmo poderá ser condenado a uma pena total de até 30 anos de prisão, em regime inicial fechado, de acordo com o que prevê a legislação penal brasileira em vigor.

Com informações do site TJAC

comentários

Outras Notícias

Veja Também