Copa 2018 já tem ‘vidente’: gato Achilles diz que Rússia vai vencer o jogo de abertura na quinta-feira


Achilles já foi notícia mundo afora na última Copa das Confederações, no ano passado, o que fez dele uma escolha natural para o Mundial

UOL

O gato Achilles fez seu primeiro “palpite” para a Copa do Mundo. Nesta quarta-feira, em evento em São Petersburgo, o felino apontou a Rússia como a vencedora do duelo contra a Arábia Saudita, o primeiro jogo do Mundial, na quinta-feira.

Para definir a escolha de Achilles, foram colocadas duas tigelas com ração. Em uma tigela tinha a bandeira da Rússia. Na outra, a bandeira da Arábia Saudita. O gato escolheu a comida do pote russo, “projetando” a vitória do selecionado europeu.

Gato Achilles comeu ração no pote da Rússia/Foto: reprodução

Achilles já foi notícia mundo afora na última Copa das Confederações, no ano passado, o que fez dele uma escolha natural para o Mundial. Em 2017, inclusive, teve até coletiva de imprensa para apresentar o gato à mídia internacional.

Em sua primeira experiência, Achilles participou de quatro rodadas da Copa das Confederações: acertou três vencedores e hesitou ao optar por uma tigela no quarto jogo. Como este terminou empatado, a mídia local considerou seu palpite como certo.

Surdo e pesando 4,7 kg, Achilles chega ao Mundial para ocupar o posto de “vidente”. Sua missão não é fácil: ter o mesmo sucesso que o polvo Paul quando este acertou 100% dos sete resultados que “previu” na Copa disputada na África do Sul, em 2010.

Mas Achilles não é um gato qualquer. Ele é um dos 50 gatos que dão sequência a uma tradição secular do museu Hermitage, em São Petersburgo, protegendo de roedores as milhares de obras de arte do estabelecimento.
Achilles e os demais gatos do museu contam até com uma assessora de imprensa especializada. Maria Halttunen é contratada pelo museu justamente para lidar com a mídia quando o assunto envolve os gatos do local e a história relacionada aos felinos moradores de lá.

comentários

Outras Notícias

Veja Também