Bope prende indígena suspeito de integrar facção criminosa em posse de armas de fogo no bairro Betel


O conduzido foi identificado como Derlande de Araújo da Silva Apurinã

REDAÇÃO CONTILNET

Em uma ação na Rua Lili Cadaxo, bairro Betel, em Rio Branco, homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope), apreenderam, em posse de um homem de origem indígena, duas armas de fogo, munições, drogas e dinheiro. A ação aconteceu na manhã desta quarta-feira (25).

O conduzido foi identificado como Derlande de Araújo da Silva Apurinã. Ele já tem outras passagens pela polícia pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e desta vez, em sua residência, encontraram mais duas armas calibre 38, 22 munições, pouco mais de R$ 60,00 reais em dinheiro, além de produto entorpecente.

Os militares foram ao local após informações repassadas pelo setor de inteligência da PM dando conta de que na residência haviam guardadas armas de fogo. Ao chegarem ao local, fizeram a revista e puderam constatar a veracidade da informação.

O indígena, que é natural do Amazonas, seria integrante de facção criminosa e as armas de fogo seriam usadas para o cometimento de crimes. Ele foi conduzido à Delegacia de Flagrantes (Defla) e deverá responder por posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e organização criminosa.

Outras Notícias

Veja Também