Campanha pela liberdade de Lula pode custar caro aos petistas, mostra pesquisadesta


Mais de metade dos acreanos defende a manutenção da prisão de Lula e 58,8% acreditam que ele é culpado

ARCHIBALDO ANTUNES, DE CONTILNET

A campanha incessante dos líderes petistas em favor da soltura do ex-presidente Lula pode lhes render resultados desastrosos nas urnas. É o que se conclui da recém-divulgada pesquisa de intenção de voto realizada pelo instituto Data Control.

Apoio a Lula pode custar caro a Frente Popular do Acre/Foto: Divulgação

Segundo o levantamento, 51,1% dos entrevistados responderam que o ex-presidente deve continuar preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, onde o petista cumpre pena de 12 anos e 1 mês por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Outros 33,5% disseram que Lula deveria ser solto. O total dos que não souberam ou se recusaram a responder ao questionamento soma 15,5%.

Em relação aos que concordam com a detenção do petista, os percentuais se equivalem. 51,3% dos entrevistados consideram justa a sentença que levou o ex-presidente à cadeia, contra 23,7% que discordam da decisão. Os indiferentes ao fato perfazem um percentual de 23,7%.

Quando o assunto é opinião dos pesquisados sobre a culpa ou a inocência de Lula quanto aos crimes que lhes são a atribuídos, 58,8% dos eleitores acreditam que ele cometeu crime. Outros 13% apostam em sua inocência. E 28,2% não souberam responder.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Acre sob o número AC-01692/2018.

 

comentários

Outras Notícias

Veja Também