Com alto índice de rejeição e ‘teto de vidro’, Marcus Alexandre enfrenta pior fase do PT no Acre


Especialistas em campanha eleitoral costumam afirmar que a rejeição quase sempre é um fator decisivo para o desfecho das disputas eleitorais

ARCHIBALDO ANTUNES, DE CONTILNET

O petista Marcus Alexandre, pré-candidato ao governo pela Frente Popular, lidera a rejeição entre o eleitorado acreano. Segundo pesquisa de intenção de voto realizada pelo instituto Data Control, 23,9% dos entrevistados afirmam que não votariam “de jeito nenhum” no ex-prefeito de Rio Branco. Principal adversário de Alexandre, o senador Gladson Cameli (Progressistas) possui índice bem menor: 14,3% – o mesmo percentual de Lira Xapuri (PRTB), que desistiu de concorrer ao governo para tentar uma vaga na Câmara Federal.

Na lista dos rejeitados aparecem ainda a vereadora de Tarauacá Janaína Furtado (Rede Sustentabilidade), com 13,3%, David Hall (Avante), com 12,7% e o coronel Ulysses Araújo (PSL), com 12,3%.

Petista Marcus Alexandre lidera a rejeição entre o eleitorado acreano/Foto> Divulgação

O total dos que rejeitam todos os pré-candidatos mencionados é de 8,5%. E os que não antipatizam com nenhum dos postulantes soma 31,7%, de acordo com a sondagem do instituto.

Esse último dado, a apontar a existência de um terço dos eleitores que não tendem a repudiar nenhum dos concorrentes, significa que há uma margem ampla de crescimento para qualquer um dos futuros candidatos.

Mas a conquista desses votos dependerá de fatores como o desempenho dos candidatos durante a campanha e a capacidade de resistir aos ataques adversários. Nesse último aspecto, Marcus Alexandre padece de enorme desvantagem devido à imagem do seu partido, associada pela população aos grandes escândalos de corrupção e à crise econômica que nos foi legada pelo governo do PT.

Especialistas em política eleitoral lembram que a rejeição do eleitorado a determinados candidatos pode ser um fator preponderante para o desfecho das eleições.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Acre sob o número AC-01692/2018

loading...

comentários

Outras Notícias

Veja Também