“Direitos Humanos tem que cuidar de vítima. Quem cuida de bandido é polícia”, declara Coronel Ulysses


"Em seis meses do meu governo eu coloco um freio na criminalidade do Acre", afirmou o militar

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

O pré-candidato ao governo do Acre, Coronel Militar Ulysses Araújo (PSL), falou com a imprensa em relação a onda de violência que toma conta do estado.  Com uma média de dois assassinatos a cada 24 horas no Acre, Ulysses lamentou que cidades infinitamente maiores conseguem ser bem mais tranquilas de se viver que a capital acreana.

Coronel Ulysses/Foto: reprodução

Segundo ainda o pré-candidato, maior parte da culpa pelo aumento da criminalidade, está intimamente ligada a impunidade “Hoje o bandido tem mais direitos que as suas próprias vitimas. Direitos Humanos no meu governo, vai ter que cuidar das vitimas da violência. Quem cuida de bandido é polícia. E esses, eu sei bem como lidar. Em seis meses do meu governo eu coloco freio na criminalidade. Por isso eu só peço uma chance para ser esse governo que todos nós queremos. Um governo que vai trazer de volta a paz que queremos e nosso estado tanto precisa” finalizou Ulysses.

comentários

Outras Notícias

Veja Também