Gladson Cameli é o único senador acreano a concorrer ao Prêmio Congresso em Foco


Foram excluídos da relação os congressistas denunciados pelo Ministério Público ou que sejam alvo de ações penais e inquéritos em andamento

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

Dos três senadores que atuam pelo Acre em Brasília, apenas o progressista Gladson Cameli que também é pré-candidato ao governo do Acre, entrou na lista do Congresso em Foco para disputar o Prêmio da Instituição, por,  segundo as regras, por não ter qualquer envolvimento com corrupção ou responder a inquérito de acusação criminal na justiça.

Foram excluídos da relação os congressistas denunciados pelo Ministério Público ou que sejam alvo de ações penais e inquéritos em andamento. Muito embora Jorge e Petecão tenha tido os seus processos arquivados pela justiça, o Congresso em Foco não levou em consideração as prerrogativas da Lei para disputar o certame de parlamentares considerados Fichas Limpas.

Senador Gladson Cameli/Foto: reprodução

De acordo com levantamento do Congresso em Foco, estão aptos para participar da disputa por prêmios 401 congressistas. São 42 senadores (pouco mais de 50% dos integrantes do Senado) e 359 deputados (70% dos membros da Câmara). Esses nomes foram apresentados em versão preliminar e estiveram sob consulta na internet durante cinco dias.

O período foi aberto para que parlamentares excluídos da versão preliminar pudessem apresentar contestações e solicitar sua inclusão na relação final alegando algum equívoco, o que não ocorreu.

A votação pela internet começou último domingo (1) e se estenderá até 31 de julho. Os vencedores serão anunciados na cerimônia de premiação em 13 de agosto.

De acordo com o regulamento, cuja íntegra você pode ler aqui, os jurados e o público escolherão os homenageados em duas categorias especiais. Eles premiarão os parlamentares de melhor atuação na defesa da ‘Redução das Desigualdades Sociais’ e no ‘Combate à Corrupção e ao Crime Organizado’. Também serão premiados os parlamentares mais bem avaliados por um júri especializado e por jornalistas que cobrem as atividades da Câmara e do Senado.

A reportagem completa na página do Congresso em Foco pode ser conferida clicando aqui.

Área de anexos

Outras Notícias

Veja Também