Medicamento que trata malária com apenas uma dose é aprovado por agência de regulamentação


Pesquisador realiza análise de tubo de ensaio com o vírus da malária

TON LINDOSO, DA CONTILNET

A doença que preocupa o Acre, um dos estados com maior incidência no país, pode estar com seus dias contados. A Food and Drug Administration (FDA), agência americana que regulamenta medicamentos e alimentos, aprovou um novo tratamento contra a malária.

Ao redor do mundo são registrados cerca de 250 milhões de novos casos e perto 1 milhão de mortes por ano, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

A maior incidência é na África, onde é causa de uma entre cinco mortes infantis. No Brasil, a maior incidência está na Região Amazônica: além do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins também preocupam.

Malária/Foto: Getty Images

A tafenoquina, produzida pela farmacêutica GSK, é indicada para a forma recorrente da doença e elimina o parasita com apenas uma dose. Uma mudança significativa diante das catorze doses necessárias na terapia atual.

Além disso, o medicamento consegue eliminar os parasitas que ficaram escondidos no fígado, impedindo justamente a recorrência da doença. Segundo especialistas, o Krintafel, nome comercial do medicamento, é uma “conquista fenomenal” no combate à malária. Com informações VEJA.

Outras Notícias

Veja Também