Menina de 12 anos é agredida pelo pai e mãe luta na Justiça pela guarda da filha


O pai possui a guarda da filha, mas a mãe denunciou o abuso e vai lutar na Justiça pela guarda da criança

REDAÇÃO CONTILNET

Uma criança de apenas 12 anos de idade foi levada ao Conselho Tutelar de Cruzeiro do Sul após sofrer agressão física do próprio pai.

O caso aconteceu no dia 29 de junho e a família da menina exige providências do Conselho Tutelar. O pai possui a guarda da filha, mas a mãe denunciou o abuso e agora vai lutar na Justiça pela guarda da própria filha.

Registro as agressões sofridas pela menina (Foto: Reprodução)

“Ele a machucou muito. Ela está toda marcada. Eles não resolveram nada na delegacia e nem no Conselho. A atendente foi muito grossa com a gente”, disse a mãe.

A presidente do Conselho na cidade, Erivalda de Menezes, disse que o caso chegou até o conselho pela delegacia e que foi comprovada a agressão. “Nós constatamos os maus-tratos, mas o pai tem a guarda da filha e nós não temos autoridade para tomar a guarda de ninguém; orientamos que a mãe procurasse a defensoria”, afirmou.

Com informações do site Juruaonline

comentários

Outras Notícias

Veja Também