“Peço paz – se não for pedir demais”: rapper acreano critica violência e ações do governo do Estado


Rapper acreano, Ferreira MC critica a explosão da criminalidade, a guerra entre facções e as ações do governo do Estado

REDAÇÃO CONTILNET

A crise da violência que assola o Acre explodiu mais uma vez neste final de semana. Noticiado anteriormente pela ContilNet, o último sábado (7) foi um dos dias mais violentos já registrados em Rio Branco: cerca de 11 pessoas foram atingidas por disparos de armas de fogo (de calibres variados) em apenas um dia.

Das três pessoas que foram alvos de tiros na tarde de sábado (7), no bairro Oscar Passos, dois jovens foram vítimas fatais da ação criminosa, identificados como Junior Cleiton e Ygor Werik de Lima Cavalcante, que tinha apenas 16 anos de idade.

Um vídeo divulgado nas primeiras horas deste domingo (8) traz um manifesto do rapper acreano Ferreira MC. Nos versos, o artista critica a explosão da criminalidade, a guerra entre facções e as ações do governo do Estado para conter a situação.

Confira a música:

Entre os versos que mais chamam a atenção dos internautas estão:

“Rumores de guerra, o fim está acontecendo”

“No mundo crime, parceiro, nunca vi vitória”

“A morte anda solta de pistola e ‘três oitão’, hoje em dia veste blusa e faz parte de facção”

“O governo sem dó e sem compaixão, manda dar tiro pra matar quando rola rebelião”

comentários

Outras Notícias

Veja Também