“PT virou sinônimo de tudo que não presta ou acontece de ruim no Acre”, diz colunista


Até o fracasso da Cavalgada, no último sábado, vem sendo debitado na conta do PT

Foto capa SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

COMEDIANTE

Avaliado em todas as recentes pesquisas de opinião como o pior governador do Acre, sem contar os gráficos do contexto nacional, Tião Viana, quase matou de rir no último final de semana, os seus adversários políticos, e de vergonha os seus aliados.

PRETENSIOSO

Em dado momento de seu discurso, Viana empolgado, disse que vai eleger o seu sucessor Marcus Alexandre (PT), no primeiro turno das eleições em 2018. Só para lembrar, em todos os cenários de pesquisas, Alexandre aparece na rabeta das intenções de voto contra o seu principal adversário, Gladson Cameli (PP).

LATA DO LIXO

Com a desastrosa administração do PT no Brasil, onde o chefe maior encontra-se preso por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro há mais de 120 dias, o partido virou sinônimo de tudo o que acontece de ruim ou não presta.

LATA DO LIXO II

Até o fracasso da Cavalgada no último sábado (28), evento que remota a história de abertura do maior evento agropecuário no Acre, vem sendo debitado na conta do PT. As más línguas andam dizendo que nem os quadrúpedes querem mais se expor ao ridículo de desfilar com suas tralhas e arreios em evento organizado pelo Partido dos Trabalhadores, seja no Acre ou em qualquer outro estado. Que maldade não?

CALADOS!

O pré-candidato ao governo do Acre, Gladson Cameli (PP), jogou um balde de água fria na oposição, que sem munição de ataque, ou por vezes requentado histórias da primeira geração da família do progressista para atingi-lo politicamente, tentaram desta vez criar a falsa notícia de que o pré-candidato ao senado, Márcio Bittar (MDB), o estaria apunhalando pelas costas, pedindo o apoio do PSL.

CALADOS II

A eficiência de plantar fake news nas redes sociais, e o modo apelativo com que usam as mídias da internet são tão eloquentes, que foi preciso Cameli gravar um vídeo e postar na rede mundial de computadores dizendo que ele e Bittar são unha e cutícula e a amizade, dentro e fora da política, está intacta. Após o vídeo circular, o silêncio dos PTista foi ensurdecedor. Hahaha

GENTE GRANDE

Quem viu a convenção do PSL, no último sábado no Acre, e pensava que a pré-candidatura do militar Ulysses Araújo era apenas algum tipo de terceira via ou balão de ensaio, saiu convicto do evento, tremendo mais do que vara verde no remanso do Rio Acre.

FACA NA CAVEIRA

Com o discurso de que pode acabar com a onda de violência em dois tempos caso seja eleito,  Ulysses vem galopando nos números das últimas pesquisas e saltando dígito por dígitos na preferência do eleitorado, tendo em vista a população acreana não aguenta mais a inoperância do estado frente as fações do crime.

FACA NA CAVEIRA II

Embalados pela trilha sonora do filme Tropa de Elite, em homenagem ao Batalhão de Operações Policiais-BOPE, a convenção do PSL, faria tremer qualquer bandido com medo de entrar no saco.

ARROCHO FISCAL

Notícia que chega da fronteira do Acre, dá conta que a maioria dos pequenos e até grandes empresários estão decretando falência, dado o arrocho fiscal que vem sendo cobrado pelo governo do Acre direto na fonte dos fornecedores. Em caso de descuido, do posto da tucandeira ninguém escapa das altas taxas cobradas e o resultado é que ninguém quer mais vender nada para o estado. Para um governo que não cede ou abre mão de nenhum centavo como incentivo fiscal, o resultado é e sempre vai ser a dependência econômica e financeira de outros estados ou esperar pelo minguando repasse do FPE pelo governo federal para cobrir, como sempre, ao menos a folha de pagamento do funcionalismo.

Como o Lamparina aqui não tem medo de saco e muito menos paga impostos no querosene que molha o pavio, vou ali buscar um refrigerante e volto depois. Fui!

comentários