Secretário de Segurança Pública diz que imprensa contribui com propagação da violência


Vanderlei Thomas afirmou que os veículos de comunicação precisam divulgar uma ‘cultura de paz'

SAIMO MARTINS, PARA CONTILNET

O secretário de Segurança Pública do Acre, Vanderlei Thomas, criticou nesta quarta-feira (4) o trabalho da imprensa em divulgar os números da violência no estado. Para o secretário, como formadores de opinião, a imprensa deve “divulgar uma cultura de paz”, conforme ressaltou.

“Os meios de comunicação contribuem nisso, são formadores de opinião. Os órgãos de comunicação não têm ajudado nisso, de divulgar uma cultura de paz, no sentido de alertar a sociedade quanto a essa agregação e luta, que é de todos nós”, declarou ele.

Vanderlei Thomas concedeu entrevista nesta quarta-feira à rádio CBN/Foto: reprodução

Thomas lembrou que o problema entre facções iniciou em 2016, após a morte de um traficante no estado do Mato Grosso. Depois disso, a Região Norte se tornou o ponto de instalações das organizações criminosas. “Essa guerra se instalou e precisamos nos acostumar com ela. Não vivemos a mesma realidade que vivíamos sem essa instalação. É claro que não podemos naturalizar as mortes”, destacou o secretário.

No entanto, o secretário informou que as polícias vêm trabalhando para reduzir os autos índices de violência. “As polícias têm se empenhando em reduzir a violência no estado”, finalizou.

Com informações da Rádio CBN Amazônia

comentários

Outras Notícias

Veja Também