‘Alianças levaram país ao fundo do poço’, diz presidenciável Marina Silva


No dia em que se alia ao PV, a pré-candidata da Rede ao Planalto nas eleições 2018 afirma que acordo Alckmin-Centrão não vai ‘resolver os problemas do Brasil’

TON LINDOSO, DA CONTILNET

A acreana Marina Silva conseguiu definir na quinta-feira (2) seu vice e agora sua campanha ganha maiores contornos. No entanto, ainda está distante de outros candidatos no tempo de TV e recursos para campanha.

O Estado de SP entrevistou a xapuriense. Ao veículo, ela afirmou que foram justamente essas alianças com outros partidos, sem um olhar “programático”, que levaram o País ao “fundo do poço”.

Dentre outras questões, o veículo perguntou o motivo de ter sido ‘tão difícil conseguir alianças’.

Marina Silva, da Rede/Keiny Andrade/Folhapress

“Estamos buscando composições que sejam coerentes com um princípio de uma composição democrática e programática. Mas a composição do governo não será apenas com lideranças partidárias. Existem muitas pessoas boas na iniciativa privada, nos movimentos sociais, dentro da academia, em muitos setores. No entanto, o foco fica nos partidos. Vamos trabalhar a partir do programa com uma composição diversificada, além dos partidos”, respondeu.

A entrevista completa você confere AQUI.

comentários

Outras Notícias

Veja Também