Anatel começa a alertar acreanos que usam telefones irregulares sobre bloqueio neste mês


Após início do envio de mensagens via SMS, dono de linha terá 75 dias para trocar de telefone

TON LINDOSO, DO CONTILNET

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) começa a alertar neste mês usuários de celulares considerados irregulares a respeito do bloqueio dos aparelhos, que começa a partir de 8 de dezembro. A medida vale para Acre, Rondônia, Tocantins, Mato Grosso, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.

A medida envolve smartphones e similares que não foram certificados ou tiveram a certificação rejeitada pelo órgão –o que acontece com alguns telefones adquiridos fora do Brasil. Quem estiver usando aparelhos irregulares antes de 23 de setembro não será desconectado caso altere o número. Já quem utilizar telefones irregulares receberá mensagens de texto via SMS, pelo número 2828, recebendo prazo de 75 dias para trocar de aparelho –já que, depois de 8 de dezembro deste ano, ele não vai mais funcionar.

Anatel, operadores e fabricantes usarão sistema para identificar telefones irregulares em operação/Foto: Anatel/Divulgação

Foram elaboradas três mensagens, a primeira delas alertando que o telefone está irregular e recomendando que o usuário acesso o site Celular Legal da Anatel (http://www.anatel.gov.br/celularlegal) ou ligue para um número que ainda será divulgado; e outra informando que o Imei (número de registro do aparelho) é irregular e deixará de funcionar, também direcionando para o site da agência e um número de telefone. Esta última mensagem será disparada na véspera do prazo.

Em Goiás e no Distrito Federal, o bloqueio de telefones irregulares já está funcionando. Em 7 de janeiro de 2019 a medida se estenderá ao Nordeste e os demais Estados do Norte e Sudeste.

comentários

Outras Notícias

Veja Também