Coronel Ulysses diz que militantes do PT fizeram “baixaria para atrapalhar debate democrático na Ufac”


Para o coronel,  a atitude dos militantes revela "desespero" por parte do PT

REDAÇÃO CONTILNET

O candidato ao governo do Acre pelo Partido Social Liberal (PSL), coronel Ulysses Araújo, afirmou neste sábado que militantes do Partido dos Trabalhadores  tentaram atrapalhar sua participação no debate promovido na noite de sexta pelos estudantes da Universidade Federal do Acre.  Segundo Ulysses, “o grupo vestido de vermelho gritava e proferia ofensas aos candidatos, tentando prejudicar a apresentação de propostas”.

Coronel Ulysses em debate na UFAC/Foto: Ascom

Ulysses reclamou ainda da postura do rival, o petista Marcus Alexandre que “não fez nada para conter a militância, o que perecia estar tudo armado para que existisse tumultuo para intimidar os concorrentes”.

“Quero agradecer a todos a quem nos acompanhou no debate e dizer que minha vida é uma folha em branco, pois não respondo nenhum processo por desvio de dinheiro, por corrupção, por peculato ou por qualquer desvio de dinheiro público e nem respondo por ter desviado R$ 700 milhões”, afirmou coronel Ulysses.

Para o coronel,  a atitude dos militantes revela “desespero” por parte do PT.  “Eles estão desesperados porque os números reais mostram que eles estão definitivamente fora do poder no Acre e no restante do Brasil”, afirmou.

comentários

Outras Notícias

Veja Também