Em áudio, lideranças do PT em Manoel Urbano ameaçam abandonar partido por ausência de Alexandre


Segundo uma militante, por diversas vezes foi marcada a carreata, mas Marcus Alexandre e sua equipe não compareceram no município

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Em um áudio que circula me grupos de whatsapp neste domingo (30), algumas lideranças políticas do município de Manoel Urbano reclamam da ausência dos candidatos majoritários da Frente Popular do Acre, mais especificamente, Marcus Alexandre (PT) e Emylson Farias (PDT). Pelos áudios é possível perceber o descontentamento de algumas pessoas, em um deles, uma representante do diretório do município pede para os demais militantes não desmarcarem uma carreata em apoio ao ex-prefeito da capital.

A representante do diretório, desesperada com a situação, tenta acalmar os ânimos dos militantes, e pede paciência e benção divina. “Deixa eu resolver primeiro, se eu tiver um infarto e morrer a culpa vai ser do PT, eu tô aqui no diretório a tempo de morrer. Nós vamos nem que seja a gente, mandamos buscar um pessoal, um deputado, mas não podemos desmarcar, que vergonha vamos passar, ontem passei o dia todo convidando o pessoal,se esse cara não pode vir, manda o vice, ou ele não tem vice?”, reclama uma das mulheres.

CLIQUE AQUI E OUÇA O AÚDIO

Já uma outra mulher reclama que por diversas vezes marcou o encontro entre Marcus e a população, mas o candidato não compareceu ao evento. “Quantas vezes já foi feito esses convites e o cara diz que vai ter, depois diz que não vai ter. A gente já não tem nem vergonha na cara mais e ainda se passa por mentiroso para as pessoas “, reclama.

Marcus Alexandre, candidato do PT enfrenta problemas com lideranças políticoas de Manoel Urbano

A militante, sugere que seja feita a carreata mesmo sem Alexandre, e ressalta que a paciência com o caso esgotou. “Calma? Calma? Mais paciência do que já estamos tendo! O pessoal faz a gente de besta”, ponderou chateada.

Após as inúmeras reclamações a representante decide manter pelo menos a carreata sem a presença dos candidatos, mas, disse que após o ato, pretende não votar mais no PT. “Já que esses candidatos são mentirosos, vamos fazer só a gente mesmo, para não passarmos tanta vergonha. Aí depois cada qual procura um rumo da vida e não vota mais nesse partido não. O pessoal pensa que o povo de Manoel Urbano é abestado, mais eles vão se lascar caso não venham”, declarou revoltada.

comentários

Outras Notícias

Veja Também