Mais de 100 funcionários demitidos da Natex foram forçados a assinar rescisão, diz deputado


Antônio Pedro pede que o Ministério Público investigue denúncia e tome providências

SAIMO MARTINS, PARA CONTILNET

O deputado estadual Antônio Pedro (DEM) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para denunciar o descaso do governo do Acre para com os funcionários demitidos pela Fábrica de Camisinha Natex, em Xapuri. Segundo o parlamentar, mais de cem trabalhadores foram forçados a assinar suas rescisões e até hoje não receberam seus direitos trabalhistas.

De acordo com o parlamentar, a Funtac, (Fundação de Tecnologia do Acre), é responsável pela Natex. Os trabalhadores teriam sido orientados a assinar o documento, para não perder o prazo para receber o seguro desemprego. “Mais de cem funcionários demitidos estão em situação difícil. Eles assinaram a rescisão e até hoje não receberam o pagamento e nem os direitos trabalhistas”, afirmou.

O democrata enfatizou que a responsabilidade pela situação dos funcionários é do governo do estado. “A empresa que presta serviço é de responsabilidade do governo. Até agora ninguém se posicionou sobre o assunto, mas os serviços deles foram prestados e eles devem receber”, ponderou.

O deputado pede providências ao Ministério Público no sentido de que fiscalize a situação dos funcionários da Natex. “Peço que as autoridades do estado investiguem essa denúncia, uma vez que esses trabalhadores prestaram serviços e não receberam seus direitos. Isso ê um absurdo. Recebi várias mensagens desses profissionais, que estão revoltados com a situação”, finalizou o parlamentar.

comentários

Outras Notícias

Veja Também