Acre bate recorde e é o segundo estado com maior proporção de famílias vivendo em extrema pobreza


Estudo feito por uma consultoria revela ainda que quase metade da população tem renda oriunda do setor público

NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Um levantamento da consultoria Tendências, divulgado pelo Jornal Valor Econômico, revelou que 25 dos 27 estados brasileiros tiveram piora da miséria entre 2014 e 2017. Nove Estados atingiram um nível recorde no ano passado.

Segundo o estudo, no Acre a miséria dobrou em quatro anos. A proporção de famílias na pobreza extrema passou de 5,3% em 2014 para 10,9% no ano passado. Este índice tirou o Estado da décima para a segunda posição no ranking.

Outro dado apontado pelo levantamento é a dependência da renda do setor público, no Acre, 44% da massa de rendimentos da região é originada no setor público municipal, estadual ou federal. O mesmo estudo mostra que no Brasil, este índice cai mais do que pela metade: 20%. 

comentários

Outras Notícias

Veja Também