Festival internacional de motociclistas tem início na próxima quinta, em Rio Branco


Apoiado pelo Sebrae no Acre, o evento espera reunir cerca de quatro mil pessoas por noite no Parque da Maternidade

ASCOM SEBRAE NO ACRE

Praça de alimentação, parque infantil, tirolesa, carros antigos e seis shows musicais são as atrações do 5º Festival Internacional Amazônia Motorcycles, um mega encontro de motociclistas que será realizado entre os dias 11 e 13 de outubro no Parque da Maternidade. Nesta quarta-feira, 10, um workshop sobre mototurismo antecede o evento no auditório do Sebrae localizado na rua Rio Grande do Sul.

O Sebrae no Acre é um dos patrocinadores do evento que é organizado em torno dos pequenos empreendimentos. O advogado e empresário Cassiano Marques, da Eme Amazônia, é um dos organizadores do festival ao lado da Kampô. Cassiano comenta que a primeira edição do festival foi realizada em 2009, mas só foi retomado a partir de 2015.

Neste ano, 45 motoclubes estarão presentes representando os estados do Acre, Mato Grosso, Rondônia e Amazonas, além dos países vizinhos Bolívia e Peru. De acordo com Cassiano, cerca de quatro mil pessoas por noite devem passar pelo Parque da Maternidade para ver os shows e outras atrações.

O empresário Alex Cruz, da Exciter Motos, lembra que a paixão por motocicletas envolve uma variada gama de culturas engajadas que aquecem negócios como grafiteiros, tatuadores, roqueiros, músicos em geral e aficionados por carros antigos. Mas todo o suporte para o encontro será dado pelos microempreendedores individuais, das áreas de alimentação e artesanato, organizadas pelo Sebrae.

Para Lívia Maia, analista técnica do Sebrae no Acre, o evento é uma oportunidade para impulsionar os empreendimentos de pequeno porte que atendem a esta classe. “Teremos a participação de empresas de peças e acessórios, oficinas mecânicas, vestimentas, estúdios de tatuagens, concessionária, todos voltados para o ramo do motociclismo Além disso, contaremos ainda com a presença dos empreendedores da economia solidária”, argumenta Lívia.

Evento ocorre entre os dias 11 e 13 de outubro/Foto: divulgação

A diretora-técnica Sídia Gomes lembra que o Acre fica no meio do caminho entre a região central do Brasil e os Andes, o que há tempos atrai os amantes da aventura sobre duas rodas. “A realização deste evento impulsiona os negócios como hotéis, bares, restaurante, oficinas mecânicas, entre outros, e fortalece a presença do Acre no segmento do turismo”, completa.

Carta de Compromisso

Em atividade paralela ao festival, o workshop “Mototurismo & Hospitalidade: Rio Branco Cidade Amiga do Motociclista” será realizado nesta quarta-feira, 10, no auditório do Sebrae no Centro (rua Rio Grande do Sul, 109).

O credenciamento começa às 7h45. Logo em seguida, ocorre a abertura do evento com a participação do diretor-superintendente do Sebrae no Acre, Mâncio Cordeiro; do representante do motociclismo, Bady Casseb; do Cassiano Marques, organizador do festival; da Shirley Torres, diretora-geral do Detran e da Socorro Neri, prefeita de Rio Branco.

Parceria do Sebrae garante realização do evento/Fto: divulgação

Após a solenidade, um talk-show mediado pelo jornalista Diego Gurgel com os convidados Yure Logo, turismólogo e consultor do Sebrae (A Rota Turística Pantanal-Amazônia- Andes – Pacífico); Alex Cruz, empresário e cientista social (Caso de Sucesso: o maior evento da América Latina); Cassiano Marques, empresário e advogado (Mototurismo e impactos econômicos na cadeia produtiva do turismo) e Eduardo Charbel, servidor público, publicitário e presidente do Moto Clube Gaviões da Amazônia (Motoclubismo e hospitalidade nos destinos de eventos).

Ao final do workshop será realizada a leitura e assinatura da “Carta de Compromisso: Rio Branco Cidade Amiga do Motociclista”, um documento para incentivar o turismo deste setor na capital acreana.

Outras Notícias

Veja Também