Jovem é sequestrado e morto na fronteira peruana; polícia suspeita que sequestradores sejam brasileiros


Polícia e bandidos trocaram tiros, mas eles conseguiram fugir. Uma mulher foi presa, suspeita de ser namorada de um deles

REDAÇÃO CONTILNET

Um jovem de 19 anos, de nacionalidade peruana, morador de Iñapari, localidade vizinha do município de Assis Brasil, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (31), após ter sido sequestrado na terça-feira (30). A vítima trabalhava com serviços de mototáxi na fronteira.

Informações da imprensa peruana, a vítima, Christofer Tapia Santos, foi chamado por dois homens desconhecidos, os quais pediram que fossem levados para a comunidade de Vila Primavera, localizada na fronteira com a Bolívia. Ao chegarem no destino final, a vítima acabou sendo rendida pelos suspeitos.

Jovem tinha 19 anos/Foto: Reprodução

Familiares de Christofer foram comunicados do sequestro e iniciaram uma busca pela fronteira, encontrando sua moto abandonada algumas horas depois. Eles receberam um telefonema por parte dos sequestradores, exigindo uma quantia de US$ 200 mil, além do afastamento de qualquer autoridade policial do caso ou, caso contrário, matariam o jovem.

Na manhã desta quarta-feira (31), quando a mãe de Christofer se deslocava para o local combinado com os sequestradores, levando consigo o dinheiro exigido pelos mesmos, a polícia e os sequestradores acabaram se encontrando e houve troca de tiros. Os bandidos teriam então acertado Christofer com um tiro na nuca, e em seguida fugiram pela mata.

O crime aconteceu nesta quarta/Foto: Reprodução

De acordo com a polícia, os criminosos podem ser brasileiros. Uma mulher teria sido detida pela polícia peruana como sendo suspeita de ser namorada de um dos sequestradores.

As polícias dos três países (Brasil, Bolívia e Peru) estão em alerta para tentar localizar e prender os sequestradores que assassinaram Christofer durante o tiroteio.

comentários

Outras Notícias

Veja Também