Suplentes: Pastora evangélica e ex-cobrador de ônibus assumem mandatos na Câmara de Rio Branco


Pastora Sandra Regina (PDT) e João Marcos (MDB) assumem nas vagas de Pastor Manuel Marcos e de Roberto Duarte, respectivamente

KLÉBER BEZERRA, DO CONTILNET

Com os votos apurados e os eleitos conhecidos, é chegada a hora  dos suplentes de cargos legislativos fazerem as contas e se prepararem para assumir as vagas que serão deixadas pelos antigos detentores de alguns mandatos.

É o caso da pastora evangélica Sandra Asfury (PDT), que deverá assumir o mandato do atual presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, o também pastor Manuel Marcos (PRB), eleito domingo para o cargo de deputado federal pelo PRB. O partido de Sandra coligou-se com o de Manuel Marcos nas eleições de 2016. Ela ficou como primeiro suplente na referida coligação, ao obter 2.355 votos em 2016.

Sandra Asfury e João Marcus/Foto: reprodução

Também é o caso do ex-cobrador de ônibus João Marcos Luz (MDB), que assumirá a vaga ocupada atualmente pelo seu correligionário vereador Roberto Duarte, eleito para ocupar uma das 24 vagas na Assembleia Legislativa do Acre a partir de 1º de janeiro do próximo ano. Marcos obteve 1.313 votos nas eleições de 2016.

Missão difícil

Outra missão difícil terá a suplente do senador e governador eleito Gladson Cameli (PP), a também progressista Marilza Gomes, esposa do ex-prefeito de Senador Guiomard James Gomes. Ela terá a responsabilidade de substituir o futuro governador, campeão de emendas parlamentares, em Brasília, pelos próximos quatro anos.

comentários

Outras Notícias

Veja Também