Cadeira de rodas de Stephen Hawking é leiloada por R$ 1,4 milhão


Ele revolucionou a física com as suas teorias do espaço-tempo, o Big Bang e a radiação dos buracos negros, resumidos em Uma breve história do tempo

UOL

No mesmo leilão, cópia da tese de doutorado do astrofísico, escrita em 1965, é arrematada por 671,5 mil euros, o equivalente a R$ 1,451 milhão. Valor arrecadado será doado à associação de apoio a pessoas com doenças neurodegenerativas.A cadeira de rodas motorizada usada por Stephen Hawking e uma cópia da sua tese de doutorado foram leiloadas nesta quinta-feira (08/11) por mais de 1 milhão de euros. O dinheiro será doado para uma fundação que leva o nome do físico britânico e para uma associação de apoio a pessoas com doenças neurodegenerativas.

A cadeira de rodas, que Hawking usou depois de ter ficado paralisado por uma doença neurodegenerativa, foi vendida por 340.790 euros. Já a cópia de sua tese de doutorado, escrita em 1965 sobre as origens do universo, foi arrematada por 671.509 euros, mais do que o triplo do valor estimado.

Assistente da galeria posa com a cadeira de rodas motorizada que pertenceu ao físico teórico britânico Stephen Hawking

Assistente da galeria posa com a cadeira de rodas motorizada que pertenceu ao físico teórico britânico Stephen Hawking/Foto: Reprodução

No leilão, promovido na internet pela casa de leilões britânica Christie’s, foram vendidas ainda uma coleção de medalhas e prêmios do físico por 340.790 euros.

A filha de Hawking, Lucy, disse que o leilão permitiu aos admiradores da obra de seu pai adquirir uma lembrança de sua vida extraordinária.

Famoso por ser trabalho que explorou as origens do universo, Hawking morreu em março aos 76 anos, depois de passar grande parte de sua vida confinado a uma cadeira de rodas. Desde os 21 anos, o físico sofria de esclerose lateral amiotrófica (ELA). A doença se caracteriza pela degeneração dos neurônios motores, as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos.

O cientista, conhecido por seu trabalho na área da relatividade, é autor de grande parte das descobertas da astrofísica moderna, como a nova teoria do espaço-tempo e a radiação dos buracos negros.

/Foto: Reprodução

Ele revolucionou a física com as suas teorias do espaço-tempo, o Big Bang e a radiação dos buracos negros, resumidos em Uma breve história do tempo. O livro, lançado em 1988, teve mais de 25 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Sua última obra Breves respostas a grandes perguntas, que reúne as suas últimas reflexões sobre o universo, foi lançado há cerca de um mês em Londres, no Reino Unido.

As cinzas de Hawking foram colocadas na Abadia de Westminster, em Londres, ao lado dos túmulos dos famosos cientistas britânicos Isaac Newton (1643-1727), que formulou a lei da gravitação universal, e Charles Darwin (1809-1882), que desenvolveu a teoria da evolução das espécies por seleção natural.

 

comentários

Outras Notícias

Veja Também