Construído para fins terapêuticos, Lago do Amor se transforma em point de baderneiros, denuncia jornalista


Wilhamis França pediu ao comandante da Polícia Militar fiscalização no local para acabar com a ação dos arruaceiros

KLEBER BARROS, PARA CONTILNET

Construído a peso de ouro pelo governo do estado com fins terapêuticos, o chamado Lago do Amor, localizado entre a Chácara Ipê, onde reside o governador Tião Viana, e o conjunto Tucumã, se transformou no point de baderneiros, que todas as noites se reúnem no local para ingerir bebidas alcóolicas e usar drogas.

A denúncia, em tom de desabafo, foi feita na manhã deste domingo pelo jornalista Wilhamis França, que reside nas proximidades do famoso logradouro público, em vídeo postado na Internet. Indignado com a situação, o denunciante pediu a atenção do comandante da PMAC, coronel Marcos Kimpara, para acabar com a farra dos arruaceiros.

“Está (a bagunça) acontecendo todas as noites. Ontem, eu passei por aqui, às duas horas da manhã, e estava a maior baderna”, queixou-se França, mostrando o grande acúmulo de lixo (garrafas de bebidas quebradas, papeis utilizados para embalar drogas, bitucas de cigarros, etc) deixado no local pelos baderneiros, a maioria jovens.

Revoltado com o que considera um descaso, França afirma no vídeo que gravou no local que vai fiscalizar a ação dos arruaceiros, fazendo lives, gravando vídeos e até mesmo ligando para o número 190 quando a situação assim exigir. “São pessoas que não sabem frequentar local público e a gente não pode deixar isso banalizar”, concluiu.

comentários

Outras Notícias

Veja Também