Empreiteiras envolvidas na Lava Jato devem receber perdão de R$ 800 mi


Conselho do Cade julga hoje relatório que propõe o pagamento de multas às construtoras Odebrecht, OAS, Carioca, Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa

NOTÍCIAS AO MINUTO

Odebrecht, OAS, Carioca, Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa, empreiteiras que participaram de cartel em obras investigadas pela Operação Lava Jato, devem ser beneficiadas com o perdão de ao menos R$ 800 milhões, durante julgamento no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), nesta quarta-feira (21).

De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o relatório da Superintendência-Geral do órgão, que será analisado hoje, propões o pagamento de R$ 898 milhões em multas.

/Foto: Reprodução

No entanto, técnicos do órgão defendem que o valor deveria ser de, no mínimo, o dobro, dada a vantagem financeira obtida pelas construtoras com o esquema criminoso.

Considerado o acordo mais vantajoso já negociado pelo Cade, o pagamento poderá ser parcelado em 20 anos. Em geral, o limite é de quatro.

comentários

Outras Notícias

Veja Também