Jovem esquece documento, é impedida de fazer Enem e tem sonho do ensino superior adiado


Jhuly Guilhermina pretendia cursar medicina veterinária e disse que passou três meses de preparando para a prova

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Na manhã deste domingo (4), ocorre em todo o Brasil, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No Acre, mais de 38 mil candidatos fazem a prova em busca de ingressar no ensino superior. Jhuly Guilhermina, de 25 anos, é uma das inscritas, mas foi impedida de fazer a prova pois esqueceu os documento de identificação.

De acordo com a jovem, ela teve inúmeras dificuldades antes da prova. Segundo ela, pela manhã não tinha dinheiro para ir até o local de prova. “Eu viria de pé pra cá, mas graças a Deus minha mãe retirou R$ 10 reais do orçamento e me emprestou para pegar um ônibus”, disse.

Jhuly Guilhermina/Foto: ContilNet

Guilhermina, que pretendia fazer o Enem para cursar Medicina Veterinária, teve seu sonho adiado.”Eu acabei me esquecendo de verificar se o documento estava em minha bolsa. Só me dei conta aqui. Mais Deus sabe de todas as coisas, talvez não era pra ser”, justificou.

Jhuly, moradora do bairro Boa União, disse que vinha se preparando para a prova há mais de 3 meses. Ela declarou que isso é obra do “inimigo”, para afasta-lá dos objetivos. “As vezes satanás nos coloca em situações ruins para atrapalhar nossas vidas”, afirmou.

comentários

Outras Notícias

Veja Também