Missionário é morto a flechadas após entrar em ilha ocupada por tribo isolada


A ilha de Sentinel, situada no Índico, é proibida para visitantes

EXTRA

Um missionário americano de 27 anos foi morto a flechadas após entrar em uma ilha da Índia ocupada por uma tribo indígena que vive isolada.

A ilha de Sentinel, situada no Índico, é proibida para visitantes. John Allen Chau, entretanto, ignorou a advertência, conforme relatou o “Sun”. Ele desejava chegar ao local para apresentar o cristianismo aos indígenas.

“Ele tentou chegar à ilha de Sentinel em 14 de novembro, mas não conseguiu. Dois dias depois, ele se preparou melhor. Ele chegou de canoa à ilha”, disse uma fonte à agência France Presse.

comentários

Outras Notícias

Veja Também