Moradora de rua, que foi esfaqueada mais de 10 vezes por companheiro, morre no Huerb


O acusado, Adeilson Pereira, segue internado no Pronto Socorro após ser esfaqueado por outros moradores em retaliação ao crime

REDAÇÃO CONTILNET

A moradora de rua, Nilva Albuquerque Nunes, de 34 anos, que foi esfaqueada no início da manhã de quarta-feira (21), no bairro 15, morreu na madrugada desta quinta-feira (22) após passar por procedimentos cirúrgicos no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Imagens de uma câmera de segurança, na Rua Boulevard Augusto Monteiro, mostram o momento em que o morador de rua, Adeilson Pereira, esfaqueia a parceira com pelo menos 10 golpes em via pública após um desentendimento. O crime aconteceu na manhã de quarta-feira (21).

Crime aconteceu no início da manhã de quarta-feira (21)/Foto: Reprodução

Ao saberem do ocorrido, outros moradores de rua se voltaram contra Adeilson e também o esfaquearam na mesma rua, deixando-o desmaiado em via pública. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu) foi acionada e ele segue internado em estado grave também no Pronto Socorro de Rio Branco.

O caso está sob responsabilidade da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (Dhpp).

Por conter imagens fortes, a editoria do ContilNet optou por não divulgar o vídeo completo.

comentários

Outras Notícias

Veja Também