Procurador João Pires recusa oferta para ser secretário e Segurança não tem substituto


Várias reuniões e encontros já haviam sido realizados para estruturar uma forte articulação em torno de João Pires

ASTÉRIO MOREIRA, PARA CONTILNET

Causou surpresa no Tribunal de Justiça, Ministério Público, na Segurança Pública e no meio político a decisão do procurador João Pires de não aceitar mais a indicação do vice-governador major Rocha (PSDB). Sua nomeação era dada como certa, mas a recusou de última hora, deixando Major Rocha “no vácuo”.

Procurador João Pires/Foto: Reprodução

Várias reuniões e encontros já haviam sido realizados para estruturar uma forte articulação em torno de João Pires, visando reduzir os índices de criminalidade e o combate às organizações criminosas que atuam no Acre.

Respeitando a decisão, mas se dizendo bastante surpreso, Major Rocha afirmou que não tem, no momento, um outro nome para substituir o do procurador. Acentuou que vai conversar com o governador eleito Gladson Cameli para pacificar a situação. João Pires alegou questões profissionais e familiares para justificar sua decisão.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também