Santos, Palmeiras, Grêmio, Flamengo e Atlético-MG perderam mais ‘gols feitos’ no Brasileirão


Artilheiro do Brasileirão com 16 gols, Gabriel, do Santos, desperdiçou seis chances claras e lidera a indesejada lista de gols perdidos

G1

Em parceria com o Espião Estatístico, o Redação SporTV analisou os gols perdidos do Brasileirão, aquelas chances claras que acabaram sendo desperdiçadas pelos ataques. O critério do levantamento exclui os lances em que o goleiro evitou o gol e também os pênaltis perdidos. Foram contabilizadas 132 oportunidades que apesar de relativamente fáceis, não foram convertidas.

Na luta por uma vaga na Libertadores, o Santos foi o time que mais perdeu essas chances claras: foram 13 que deixaram de aumentar a lista de 40 gols marcados pela equipe, oitavo melhor ataque do Brasileirão. O líder Palmeiras, melhor ataque do Brasileirão ao lado do Flamengo com 51 gols, é o segundo time que mais perdeu essas chances, 12. O Grêmio perdeu 11, e Flamengo e Atlético-MG perdeiram nove cada um.

Artilheiro do Campeonato Brasileiro com 16 gols, o atacante Gabriel, do Santos, foi quem mais desperdiçou chances claras de gol. Em 75 finalizações, foram seis perdidos que poderiam já ter garantido a Gabigol a artilharia deste ano. Everton, do Grêmio, perdeu quatro finalizações promissoras, e é o segundo. Bruno Henrique, do Santos, Borja, do Palmeiras, e Uribe, do Flamengo, vêm logo atrás.

Mas um gol perdido não é apenas um momento de raiva. Ao mesmo tempo, é um alívio para o time (e a torcida) que por sorte deixou de levar o gol. E nesse aspecto nenhuma torcida viveu mais momentos de agradecimentos aos deuses do futebol do que a do América-MG. Impressionantes 17 vezes o time deixou de levar um gol porque faltou competência para um adversário. Na zona do rebaixamento no momento, o América-MG sofreu 38 gols, marca essa que poderia ser 50% maior, mas a bola não entrou.

O RANKING DOS GOLS PERDIDOS

Santos: 13
Palmeiras: 12
Grêmio: 11
Atlético-MG: 9
Flamengo: 9
Atlético-PR: 8
Bahia: 8
Cruzeiro: 8
Chapecoense: 7
Internacional: 7
Paraná: 7
Botafogo: 6
São Paulo: 5
Ceará: 4
Fluminense: 4
Vasco: 4
Vitória: 4
América-MG: 3
Corinthians: 2
Sport: 1

QUEM MAIS SE BENEFICIOU COM A FALTA DE PONTARIA DOS RIVAIS

América-MG: 17
Vitória: 12
Chapecoense: 9
Fluminense: 8
São Paulo: 8
Sport: 8
Bahia: 7
Corinthians: 7
Botafogo: 6
Cruzeiro: 6
Internacional: 6
Atlético-MG: 5
Atlético-PR: 5
Paraná: 5
Santos: 5
Vasco: 5
Ceará: 4
Flamengo: 4
Palmeiras: 3
Grêmio: 2

*A equipe do Espião Estatístico é formada por: Cássia Moura, Guilherme Maniaudet, Guilherme Marçal, Gustavo Pereira, Leandro Silva, Roberto Maleson e Valmir Storti.

comentários

Outras Notícias

Veja Também