Deputado diz que aumento dos casos de Aids está relacionado aos aplicativos como Whatsapp e Tinder


Segundo o parlamentar, os aplicativos facilitam o contato sexual entre as pessoas

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) para lamentar o aumento dos casos de AIDS no Acre. Segundo ele, esse aumento está correlacionado aos aplicativos da era moderna, como por exemplo, WhatsApp e Tinder.

O parlamentar citou também que as pessoas estão deixando de se prevenir como deveriam. “As pessoas não estão usando camisinha e a vida a partir dos aplicativos como Tinder, Badoo, WhatsApp e outros, tem facilitado com que as pessoas se conheçam mais rapidamente. Isso tem feito com que os casos de Aids aumentassem no Brasil e no Acre”, destacou.

Jenilson leite/Foto: reprodução

O deputado enfatizou que, outro motivo causador do aumento dos casos da doença, é o corte realizado pelo Governo Federal. “Fizeram cortes nas políticas de prevenção ao combate à doença. Após a aprovação da PEC, os recursos deixarão de ser repassados por 20 anos, portanto, doenças como essas irão aumentar ainda mais”, frisou.

Os números de mortalidade por Aids aumentou 29% no Acre em apenas dez anos, conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde no último dia 27 de novembro. De acordo com o levantamento, os dados de mortalidade no estado passou de 2,7 em 2007 para 3,5 óbitos por 100 mil habitantes no ano de 2017.

Outras Notícias

Veja Também