Hildebrando Pascoal tem prisão domiciliar revogada e deve voltar ao presídio


A decisão foi tomada pela juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos, na quarta-feira (19).

REDAÇÃO CONTILNET

De acordo com informações do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), o coronel e ex-deputado Hildebrando Pascoal teve prisão domiciliar revogada e deve voltar para a Unidade de Regime Fechado Antônio Amaro Alves.

A decisão foi tomada pela juíza da Vara de Execuções Penais, Luana Campos, na quarta-feira (19).

A defesa de Hidelbrando já entrou com o pedido de permanência em regime semiaberto, mas o órgão supremo do judiciário no Acre disse que a juíza plantonista é quem vai avaliar o pedido.

Pascoal conseguiu ir para o semiaberto em 2016/Foto: Reprodução

De acordo com Luana, embora Pascoal tenha recebido o benefício em dezembro de 2016, mais duas condenações foram dadas pela Vara, em dois processos que tramitavam. Sendo assim, com a nova soma a respeito da pena, a previsão de que saia do regime fechado é apenas em junho de 2029.

Como Luana Campos entrou em recesso nesta quinta-feira (20), as novas informações do caso devem ser divulgadas ainda nesta sexta-feira (21), pela juíza plantonista que avaliará os pedidos.

A assessoria do TJAC informou que Hildebrando deve retornar para a mesma cela que estava antes, por conta das adaptações do espaço.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também