Onyx anuncia estrutura final do governo: Bolsonaro terá 22 ministérios


Ideia inicial da equipe do presidente eleito era diminuir número de pastas para 15

JORNAL O GLOBO

Futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni anunciou na tarde desta segunda-feira a estrutura do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. Serão 22 ministérios: 16 na Esplanada, quatro no Palácio do Planalto e outros dois transitórios: Advocacia-Geral da União (AGU) e Banco Central (BC) devem perder status nos próximos meses.

Atualmente, existem 29 ministérios. A ideia inicial da equipe de Bolsonaro era diminuir o total de pastas para 15, mas o número foi aumentando durante a transição. Questionado sobre essa diferença, Onyx afirmou que a decisão foi de Bolsonaro e que ele preferiu manter ministérios que tiveram a permanência questionada, como Turismo, Meio Ambiente e Direitos Humanos, as duas últimas pastas ainda sem titulares definidos.

Bolsonaro/Foto: Reprodução

A expectativa é que os nomes que ainda não foram anunciados sejam divulgados durante essa semana. A previsão da estrutura foi apresentada por Onyx durante entrevista coletiva no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) de Brasília, onde a equipe de transição se reúne.

Na entrevista, Onyx confirmou que o Ministério do Trabalho será desmembrado, e que as áreas de atuação serão divididas para três pastas: Justiça, Economia e Cidadania. A parte de concessão de registros sindicais, que tem gerado ao longo dos anos diversas denúncias de corrupção, ficará nas mãos da pasta da Justiça.

comentários

Outras Notícias

Veja Também