Rio Branco inicia atividades alusivas ao Dia Mundial de Luta contra AIDS 2018


Acontece, em uma tenda do Calçadão do Camelô, próximo ao Terminal Urbano, ação educativa e distribuição de kits de prevenção

ASCOM PMRB

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realiza neste sábado, das 08h às 12h, na Tenda do Calçadão do Camelô, próximo ao Terminal Urbano, uma ação educativa e distribuição de kits de prevenção. A atividade marca o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS, celebrado anualmente, sempre no dia 01 de dezembro.

Jovens da Secretaria Municipal da Juventude estarão mobilizados para “Quick Stop” (parada rápida) – entrega de folders e informações sobre as Unidades de Saúde onde é possível fazer o teste rápido por punção sanguínea da polpa digital.

A programação continua no dia 07/12 às 09h, no Horto Florestal, com palestra e atividades físicas e distribuição de kits para o Grupo dos Idosos.

O Dezembro Vermelho foi instituído no ano de 2017 pela Lei 13.504. O objetivo é conscientizar sobre a prevenção ao HIV e AIDS.

Este ano, em Rio Branco, o Dezembro Vermelho dará maior visibilidade à ações de prevenção e ressaltará a importância do uso de preservativos e realização do Teste Rápido. O diagnóstico preciso e precoce é fundamental para aumentar a sobrevida da pessoa com HIV.

No município de Rio Branco, com o aumento da oferta do Teste Rápido, permitiu uma maior detecção da Infecção pelo vírus HIV. Entre os anos de 2015 a 2018, temos registrado em nosso banco de dados um total de 143 casos de AIDS, sendo 107 masculinos e 36 femininos. Já para o HIV, temos em nosso Município um total de 396 pessoas vivendo com o vírus HIV, destas, 303 masculinos e 93 femininos.

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, como também é chamada, é causada pelo vírus HIV. A AIDS é o estágio mais avançado da doença, que ataca o sistema imunológico.

O Brasil tem hoje uma das maiores coberturas de tratamento antirretroviral (TARV) entre os países de baixa e média renda, com mais da metade das pessoas vivendo com HIV recebendo tratamento.

comentários

Outras Notícias

Veja Também