Bittar participa em Brasília de audiência com secretário especial da Previdência e Trabalho


Convite de Rogério Marinho teve como objetivo principal tratar sobre a Reforma da Previdência

ARCHIBALDO ANTUNES, DO CONTILNET

O senador eleito Marcio Bittar (MDB) participou nesta quinta-feira (17), em Brasília, de uma audiência com o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Simonetti Marinho. Subordinada ao ministro Paulo Guedes (Economia), a pasta é resultado da fusão dos ministérios do Trabalho e Emprego e da Previdência Social nos governos anteriores.

Segundo Bittar, o convite partiu de Marinho por saber que a proposta da reforma previdenciária da gestão de Jair Bolsonaro (PSL) conta com o apoio do senador eleito pelo Acre. O assunto, por sinal, tem mobilizado diversos membros do staff do atual governo, que ainda nesta quinta se reuniram com o ministro Paulo Guedes e o próprio presidente da República para tratar do tema.

A eleição para a presidência do Senado foi outro tema abordado no encontro/Foto: cedida

Sobre Rogério Marinho, Bittar afirmou se tratar de um ex-deputado federal, relator da Reforma Trabalhista – “que entre outras mudanças extinguiu o imposto sindical obrigatório”, conforme disse à reportagem do site ContilNet.

No encontro com o secretário da Previdência e Trabalho, também esteve na pauta a eleição para a presidência da Mesa Diretora do Senado. O MDB reivindica o comando da Câmara Alta por ter saído das eleições de outubro do ano passado com a maior bancada.

Dos atuais 12 parlamentares, o partido espera receber mais dois após a diplomação, no dia 1º de fevereiro. Elmano Férrer (Podemos-PI) e Eduardo Gomes (SD-TO) são os nomes esperados pela cúpula do MDB.

Eduardo Gomes, a propósito, participou, junto com o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), de um café da manhã com Marcio Bittar na manhã desta quinta.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também