Rio Branco, Acre,





Gabigol é apresentado e traça metas no Flamengo: “Quero fazer gols e ser campeão”


Atacante chega ao clube por empréstimo de um ano da Inter de Milão e avalia elenco estrelado rubro-negro: "Eu chego para somar, o Flamengo tem grandes jogadores."

GLOBO ESPORTE

Foi uma tarde agitada para Gabigol. Após treinar no Ninho do Urubu, ele foi apresentado oficialmente como reforço para a próxima temporada. O atacante chega ao clube para ser uma das estrelas da constelação rubro-negra e tentar terminar com as dúvidas no comando do ataque, já que Dourado e Uribe se alternaram em 2018.

– Quero agradecer a todos por estar em um grande clube. A todos que ajudaram o sonho a virar realidade. Estou muito feliz e agradecido. Espero retribuir com uma grande entrega. Quero fazer gols e ser campeão… A minha história com a camisa do Flamengo começa a ser escrita agora. E espero que ela seja muito feliz – disse o atacante, em suas primeiras palavras como jogador do Flamengo.

Ao lado do diretor Bruno Spindel e do novo CEO Reinaldo Belotti, o vice de futebol Marcos Braz festejou a contratação.

– Muito feliz de apresentar mais um jogador de seleção brasileira, campeão olímpico. Queria agradecer ao Gabriel, porque se não fosse a vontade dele não seria possível a contratação. Agora é com ele – apresentou Marcos Braz.

Gabriel foi apresentado com a camisa 12 – em homenagem à torcida -, mas usará a 9 do Flamengo. Ele foi emprestado pela Inter de Milão até o fim desta temporada, sem custos. Caberá ao Rubro-Negro a responsabilidade de pagar integralmente o salário do atacante – cerca de R$ 1,25 milhão por mês.

Gabigol foi apresentado pelo diretor Bruno Spindel, pelo vice de futebol Marcos Braz (esq,) e pelo novo CEO, Reinaldo Belotti (dir.) — Foto: Fred Huber

Gabigol foi apresentado pelo diretor Bruno Spindel, pelo vice de futebol Marcos Braz (esq,) e pelo novo CEO, Reinaldo Belotti (dir.) — Foto: Fred Huber

OUTROS TRECHOS

Primeiras impressões

O Flamengo realmente é enorme. Nem joguei ainda e já senti. Fomos assistir ao jogo ontem e tinha um menino chorando. Espero poder retribuir todo carinho. Que seja um ano feliz para mim e para o clube.

Realmente estou feliz, é um dia especial. Difícil explicar essa identificação rápida. Que o carinho possa me ajudar e a todo o elenco. Não venho para suprir carência de quem foi embora. O elenco é forte.

Pressão por títulos e gols

Os jogadores que chegam, sabem do peso. É uma pressão saudável. Claro que existe o peso, mas podemos levar para o lado bom, ter a torcida ao nosso lado.

A pressão não é só sobre mim, é sobre o elenco. Quem tem que fazer gol é o time inteiro, não só o Gabriel. Esse peso tem que ser levado para o lado bom. Quando estamos soltos, as coisas acontecem mais fácil.

Arrascaeta e concorrência

Arrascaeta é muito gente boa e também está ansioso. Assistimos ao jogo. Fiquei feliz. É só o primeiro jogo. Eu chego para somar, o Flamengo tem grandes jogadores. Uribe, Dourado, Lincoln… isso é bom para acirrar a disputar e o time vencer.

Gabriel treinou no Ninho antes da apresentação — Foto: Reprodução

Gabriel treinou no Ninho antes da apresentação — Foto: Reprodução

Encontro com Marcos Braz

O encontro no shopping foi sem querer. Estava com minha mãe e meu amigo. Ele (Marcos Braz) nem pagou o café (risos). Agora está tudo resolvido.

Posicionamento em campo

Pretendo ajudar em qualquer posição. No Santos joguei em todas, sou versátil. No que ele precisar, vou estar à disposição

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também