Mazinho continua ‘briga’ e teria dito que não vai apoiar Nicolau Júnior para a presidência da Aleac


Na situação, Nicolau é o mais cotado para o cargo e defendido pelo também deputado eleito, Gehlen Diniz (PP)

REDAÇÃO CONTILNET

A briga entre o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), e o governador do estado, Gladson Cameli (PP), ainda não cessou. A reportagem do ContilNet foi informada na tarde desta sexta-feira (11), que em conversa com um empresário local, o emedebista teria dito que não apoiará o nome de Nicolau Júnior (PP), cunhado de Cameli, para a presidência da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

Mazinho Serafim e a esposa, Meire Serafim/Foto: Reprodução

Mazinho teria revelado que deve ‘lançar’ outro parlamentar e cogitado a possibilidade de apoiar o nome da própria esposa, Meire Serafim (MDB), deputada estadual mais bem votada pelo Acre no último pleito: “Vou partir firme e acampar em Rio Branco para eleger outro nome para presidir a Aleac”.

Na oposição, Nicolau é o mais cotado para o cargo e defendido pelo também deputado eleito, Gehlen Diniz (PP).

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também